Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/138
Tipo do documento: Dissertação
Título: Biomonitoramento citogenético em pacientes periodontais portadores de Diabetes Mellitus tipo 2
Título(s) alternativo(s): Cytogenetic biomonitoring in periodontal patients with Diabetes Mellitus type 2
Autor: Cavezzi Junior, Orlando
Primeiro orientador: Saraiva, Patricia Pinto
Resumo: Tanto a doença periodontal, como o diabetes produzem mediadores químicos que expõem os tecidos bucais a um estresse, gerando danos ao material genético das células epiteliais da mucosa bucal, que são indícios precoces do desenvolvimento do câncer de boca. Nosso objetivo foi avaliar danos no DNA e/ou morte celular promovidos por exposição freqüente a mediadores químicos inflamatórios e estresse oxidativo, em decorrência da associação entre doença periodontal e diabetes mellitus, utilizando o teste do micronúcleo. Esta investigação contou com a participação de 60 pacientes distribuídos em três grupos. O grupo 1 (controle) composto por 20 pacientes que apresentaram ausência de periodontite e de diabetes mellitus. O grupo 2 composto por 20 pacientes com periodontite e ausência de diabetes mellitus (glicemia de jejum de 70 a 99 mg/dl e hemoglobina glicada (HbA1c) < 6%) e o grupo 3 composto por 20 pacientes com periodontite e diabetes mellitus do tipo 2, apresentando glicemia de jejum maior que 126mg/dl e hemoglobina glicada (HbA1c) >6%. Nossos resultados mostraram que a associação entre doença periodontal e diabetes promove um aumento na ocorrência de micronúcleos (5,4±0,99; p<0,05), quando comparado aos pacientes que apresentavam somente doença periodontal (4±0,85) e aos pacientes saudáveis (sem doença periodontal e sem diabetes) (1,85±0,74). As demais alterações nucleares observadas, indicativas de morte celular, também estiveram presentes em maior frequência na associação da doença periodontal e diabetes (20,85±2; p<0,001), em comparação aos pacientes somente com doença periodontal (14,45±1,82), e os pacientes saudáveis (6,55±1). Uma correlação moderadamente positiva (P<0,001) entre os índices de placa e gengival e a ocorrência das alterações nucleares analisadas. Estes dados sugerem uma associação direta entre os mediadores químicos produzidos doença periodontal sobre as células da mucosa bucal, sendo estes danos intensificados quando o diabetes ocorre simultaneamente, sendo que a ocorrência destes danos ao material genético pode levar ao desenvolvimento de câncer de bucal.
Abstract: Both periodontal disease such as diabetes produce chemical mediators that expose the oral tissues to stress, causing damage to genetic material in epitelial cells of the oral mucosa, which are early signs of developing oral cancer. Our objective was to evaluate DNA damage and / or cell death promoted by frequente exposure to chemical inflammatory mediators and oxidative stress, due to the association between periodontal disease and diabetes mellitus, using the micronucleus test. This investigation included 60 patients divided into three groups. Group 1 (control) composed of 20 patients who had absence of periodontitis and diabetes mellitus. Group 2 composed of 20 patients with periodontitis and absence of diabetes mellitus (fasting glucose 70 to 99 mg / dL and glycated hemoglobin (HbA1c) <6%) and group 3 composed of 20 patients with periodontitis and diabetes mellitus type 2 , with fasting glucose greater than 126mg/dl and glycosylated hemoglobina (HbA1c)> 6%. Our results showed that the association between periodontal disease and diabetes promotes an increase in the occurrence of micronuclei (5.4 ± 0.99, p <0.05) compared to patients with periodontal disease alone (4 ± 0.85) patients and healthy (no periodontal disease and without diabetes) (1.85 ± 0.74). The other nuclear alterations observed, indicative of cell death, were also present in greater frequency in the association of periodontal disease and diabetes (20.85 ± 2, p <0.001), compared to only patients with periodontal disease (14.45 ± 1 , 82), and healthy patients (6.55 ± 1). A moderately positive correlation (P <0.001) between the plaque index, gingival index and the occurrence of nuclear changes analyzed. These data suggest a direct association between the chemical mediators produced periodontal disease on the oral mucosa cells, this damage is intensified when diabetes occurs simultaneously. These results indicate that patients with periodontal disease and diabetes mellitus were more likely to have nuclear damage, leaving these patients more vulnerable to the development of oral cancer.
Palavras-chave: DOENÇA PERIODONTAL
DIABETES MELLITUS
ALTERAÇÃO NUCLEAR
MICRONÚCLEO
PERIODONTAL DISEASE
DIABETES MELLITUS
NUCLEAR DAMAGE
MICRONUCLEUS
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: IASCJ - Universidade Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Biologia Oral
Citação: CAVEZZI JUNIOR, Orlando. Cytogenetic biomonitoring in periodontal patients with Diabetes Mellitus type 2. 2012. 77 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Oral) - IASCJ - Universidade Sagrado Coração, Bauru, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/138
Data de defesa: 25-Jan-2012
Aparece nas coleções:Mestrado em Biologia Oral

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
dissertacao_orlando_cavezzi_junior.pdf1,4 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.