Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/239
Tipo do documento: Tese
Título: Avaliação do potencial regenerativo das células-tronco derivadas de polpa dentária humana no reimplante dentário tardio: estudo em ratos Wistar
Título(s) alternativo(s): Assess the potential of regenerative stem cells derived from human dental pulp in delayed tooth replantation: a study in rats
Autor: Ventura, Marsha Lisa Schlittler 
Primeiro orientador: Payão, Spencer Luiz Marques
Resumo: O sucesso do reimplante dentário, mesmo nos dias atuais, é limitado, pois grande parte dos dentes é perdida devido à reabsorção radicular progressiva, justificando a busca de novas estratégias que possam controlar esse problema. Assim, este estudo teve por objetivo avaliar o potencial regenerativo de célulastronco de polpa de dente decíduo humano no periodonto de sustentação após reimplante dentário tardio em ratos. Quarenta e cinco ratos (Rattus norvegicus albinus, Wistar) foram submetidos ao procedimento cirúrgico de exodontia do incisivo superior direito. Os dentes extraídos permaneceram em meio ambiente durante 60 minutos e em seguida foram reimplantados em seu respectivo alvéolo. Os animais foram divididos aleatoriamente em 3 grupos experimentais com 15 animais cada, sendo um grupo com Células-tronco, um grupo com Plasma Rico em Plaquetas e um grupo Controle. Os animais foram mantidos pelos períodos de 15, 30 e 60 dias. Decorrido este período, os animais foram eutanasiados, para análise histológica e histomorfométrica. A associação células-tronco e plasma rico em plaquetas, embora não tivessem respostas que melhorassem o reparo em nível de todos os tecidos que compõem o periodonto de inserção, conseguiram preservar mais o remanescente dental. De acordo com os nossos resultados, a associação células-tronco e plasma rico em plaquetas parece retardar, mesmo que discretamente, a reabsorção do elemento dental nessa modalidade de reimplante. Contudo, a análise comparativa dos dados não mostrou diferença estatística significante (p > 0,05) entre os grupos estudados no reimplante dentário tardio aos 15 e 30 dias; e aos 60 dias houve diferença estatística significante entre os grupos para a reabsorção por substituição (p < 0,05). Esses resultados levaram a concluir que a infusão de células-tronco de polpa de dente decíduo humano no periodonto de sustentação, nas especificações deste estudo, não favoreceu o processo de reparo após reimplante dentário em ratos e que outros estudos, utilizando diferentes parâmetros, são necessários para melhor avaliar a efetividade das células-tronco no reimplante dentário
Abstract: Dental replantation success, even in the present day, is limited because much of the teeth is lost due to progressive root resorption, justifying the search for new strategies that can control this problem. Thus, this study aimed to evaluate the regenerative potential of stem cells from human exfoliated deciduous tooth (SHED) in periodontal support after delayed tooth replantation in rats. Forty-five rats (Rattus norvegicus albinus Wistar) had their maxillary right incisor extracted and maintained in dry storage for 60 minutes and then they were replanted into their respective dental socket. The animals were randomly divided into 3 experimental groups with 15 animals each, namely: SHED/PRP group, PRP group and Control group. After this period, the animals were euthanized for histological and histomorphometric analysis. The association between stem cells and platelet-rich plasma, although they didn't have answers to improve the repairing to the level of all tissues that make up the periodontium of insertion, managed to preserve more of the remaining dental. According to our results, the association between stem cells and platelet-rich plasma seems to slow, even if discreetly, the resorption of the dental element. However, the comparative analysis of the data showed no significant statistical difference (p > 0.05) between the study groups in delayed tooth replantation in 15 and 30 days; and in 60 days there was significant statistical difference between the groups for replacement resorption (p < 0.05). These results led to the conclusion that the infusion of stem cells from human exfoliated deciduous tooth (SHED) in the periodontal tissues in the specifications of this study, not favored the process of repair after tooth replantation in rats and that other studies using different parameters, are needed to better assess the effectiveness of stem cells in dental replantation
Palavras-chave: AVULSÃO DENTÁRIA
REIMPLANTE DENTÁRIO TARDIO
TERAPIA CELULAR COM CÉLULA-TRONCO
AVULSED TOOTH
DELAYED TOOTH REPLANTATION
STEM CELLS CELLULAR THERAPY
AVULSED TOOTH
DELAYED TOOTH REPLANTATION
STEM CELLS CELLULAR THERAPY
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: IASCJ - Universidade Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Biologia Oral
Citação: VENTURA, Marsha Lisa Schlittler. Avaliação do potencial regenerativo das células-tronco derivadas de polpa dentária humana no reimplante dentário tardio: estudo em ratos Wistar. 2014. 62 f. Tese (Doutorado em Biologia Oral) - IASCJ - Universidade Sagrado Coração, Bauru, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/239
Data de defesa: 13-Jun-2014
Aparece nas coleções:Doutorado em Biologia Oral

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_marsha_ventura.pdf1,89 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.