Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/288
Tipo do documento: Dissertação
Título: O impacto do tratamento ortodôntico na autoestima e na qualidade de vida de pacientes adultos com necessidade de reabilitação
Título(s) alternativo(s): The impact of orthodontic treatment on self-esteem and quality of life of adult patients in need of rehabilitation
Autor: Nascimento, Vanessa de Couto 
Primeiro orientador: Pedrin, Renata Rodrigues de Almeida
Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar se o tratamento ortodôntico em adultos com necessidade de reabilitação bucal é eficaz para aumento da autoestima e da qualidade de vida (QV). A amostra foi composta por 102 pacientes brasileiros adultos (77 mulheres e 25 homens) com idades entre 18 e 66 anos, tratados ortodonticamente, com necessidade de reabilitação. A Escala de Autoestima de Rosemberg (RSE) e um questionário sobre qualidade de vida baseado no Oral Health Impact Profile (OHIP- 14), foram usados para determinar autoestima e qualidade de vida respectivamente. Os questionários foram realizados em dois momentos: T1 (início do tratamento) e T2 (após fase de alinhamento e nivelamento). Os dados foram avaliados, para comparação entre as pontuações de T1 e T2, com o teste t pareado no RSE, e no questionário de qualidade de vida foram relatados em estatística descritiva. Os resultados mostraram um aumento estatisticamente significante da autoestima (p< 0,001) e grande melhora na qualidade de vida com o tratamento ortodôntico. De acordo com os resultados obtidos neste estudo pode-se concluir que o tratamento ortodôntico promoveu aumento significativo na autoestima e na qualidade de vida, podendo conferir benefícios psicológicos para os pacientes adultos.
Abstract: The aim of this study was to evaluate if orthodontic treatment in adults requiring oral rehabilitation is effective for increasing patients´ self-esteem and quality of life. The sample consisted of 102 adult patients (77 women and 25 men) aged between 18 and 66 years requiring oral rehabilitation and orthodontic treatment simultaneously. The Rosemberg´s Self-esteem Scale (RSE) and a questionnaire about quality of life based on the Oral Health Impact Profile (OHIP-14) were used to determine self-esteem and quality of life scores retrospectively. Questionnaires were carried out in two stages, T1 (start of treatment) and T2 (after the initial phase alignment and leveling-6 months). In order to compare the score changes between T1 and T2, data obtained from RSE were evaluated with paired t test and the questionnaire of quality of life data was assessed by applying descriptive statistics. The results showed a statistically significant increase in self-esteem (p <0.001) and a great improvement on patients´ quality of life. Orthodontic treatment generates a significant increase in self-esteem and quality of life, providing psychological benefits for adult patients in need of oral rehabilitation.
Palavras-chave: Adulto
Autoestima
Ortodontia
Qualidade de vida
Reabilitação bucal
Adult
Self-esteem
Orthodontics
Quality of life
Oral rehabilitation
Área(s) do CNPq: ODONTOLOGIA::ORTODONTIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Ortodontia
Citação: NASCIMENTO, Vanessa de Couto. O impacto do tratamento ortodôntico na autoestima e na qualidade de vida de pacientes adultos com necessidade de reabilitação. 2015. 76 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia - Ortodontia) - Universidade do Sagrado Coração, Bauru, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/288
Data de defesa: 20-Ago-2015
Aparece nas coleções:Mestrado em Biologia Oral

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao_vanessa_nascimento.pdfDocumento completo1,01 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.