Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/290
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação da agradabilidade facial em indivíduos negros por meio da análise facial subjetiva
Título(s) alternativo(s): Evaluation of facial attractiveness in blacks by subjective facial analysis
Autor: Melo, Andréa Reis de 
Primeiro orientador: Capelozza Filho, Leopoldino
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo avaliar quanto à agradabilidade facial uma amostra de 30 indivíduos negros, para efeito de estudo e classificação, de acordo com critérios da Análise Facial Subjetiva. Foram realizadas duas fotografias padronizadas da face: frente e perfil que foram classificadas por 50 avaliadores: 30 indivíduos da amostra, 10 ortodontistas e 10 leigos, com nível superior, com relação à agradabilidade facial em: esteticamente desagradável, esteticamente aceitável e esteticamente agradável. As estruturas responsáveis pela classificação como esteticamente desagradáveis e esteticamente agradáveis foram indicadas pelos avaliadores. Para avaliar a concordância intra-avaliador (1ª e 2ª) foi utilizado o coeficiente de correlação de Spearman, dentro de cada categoria o coeficiente de concordância de Kendall e entre as 3 categorias o teste do qui-quadrado e de proporções. A maioria da amostra foi classificada como esteticamente aceitável: frontal – 53,5% e perfil – 54,9%. Estruturas identificadas como: esteticamente desagradável frontal: boca, lábios, rosto; perfil: nariz, queixo, perfil; esteticamente agradável frontal: harmonia, rosto, boca; perfil: perfil, harmonia, nariz. Houve concordância estatisticamente significativa entre Amostra e Leigos, em ambas as posições. Os Ortodontistas foram concordantes com os Leigos na avaliação frontal, e discordantes no perfil, sobretudo, nos esteticamente desagradáveis e esteticamente aceitáveis. Com base nesses resultados, a avaliação da agradabilidade facial, através da Análise Facial Subjetiva, mostrou-se aplicável, sugerindo que a opinião do paciente em relação à estética facial deve ser considerada no planejamento do tratamento ortodôntico.
Abstract: This study aimed to evaluate the facial attractiveness in a sample of 30 black individuals for study and classification purposes, according to criteria of Subjective Facial Analysis. Two standardized photographs of the face were taken: front and profile and classified by 50 evaluators: 30 individuals in the sample, 10 orthodontists and 10 laymen with higher education, regarding facial attractiveness: esthetically unpleasant, esthetically acceptable and esthetically pleasant. The evaluators identified the structures responsible for classification as esthetically unpleasant and esthetically pleasant. To assess intra- evaluator (1st and 2nd) it was used Spearman's correlation within each category Kendall concordance coefficient and between 3 categories, the chi-square test and proportions. Most of the sample was classified as esthetically acceptable: front – 53,5% and profile – 54,9%. Structures identified: esthetically unpleasant front: mouth, lips, face; profile: nose, chin, profile; esthetically pleasing front: harmony, face, mouth; profile: profile, harmony, nose. There was a statistically significant correlation between Sample and Laymen in both positions. Orthodontists were in agreement with the Laymen on the front evaluation and discordant on profile especially in the esthetically unpleasant and esthetically acceptable. Based on these results, the evaluation of facial attractiveness by Subjective Facial Analysis proved to be applicable and subjective influence, suggesting that the patient's opinion regarding the facial esthetics should be considered in orthodontic treatment planning.
Palavras-chave: Ortodontia
Diagnóstico
Face
Perfil
Negro
Orthodontics
Diagnosis
Face
Profile
Black
Área(s) do CNPq: ODONTOLOGIA::ORTODONTIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Ortodontia
Citação: MELO, Andréa Reis de. Avaliação da agradabilidade facial em indivíduos negros por meio da análise facial subjetiva. 2015. 88 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia - Ortodontia) - Universidade do Sagrado Coração, Bauru, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/290
Data de defesa: 18-Ago-2015
Aparece nas coleções:Mestrado em Ortodontia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao_andrea_melo.pdfDocumento completo1,25 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.