Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/308
Tipo do documento: Dissertação
Título: Perfil dos indivíduos com síndrome de down de um centro de especialidades odontológicas em um município de São Paulo
Título(s) alternativo(s): Profile of individuals with down syndrome a center of dental specialties in a city in São Paulo
Autor: Nacamura, Claudia Akemi 
Primeiro orientador: Marta, Sara Nader
Resumo: A Síndrome de Down (SD) ou trissomia do 21, foi descrita, pela primeira vez, por John Longden Hayden Down, em 1866.É uma condição humana geneticamente determinada, de origem pré-natal, constitui a principal causa de deficiência intelectual na população e é considerada a anomalia mental congênita mais frequente. Das síndromes mal formativas da espécie humana é a mais conhecida, foi a primeira anormalidade cromossômica reconhecida pelo homem e dentre as alterações cromossômicas é a mais frequente em humanos. A incidência no Brasil é de uma criança a cada 600 nascidos vivos. Os prováveis fatores etiológicos apontados são a idade materna avançada (com 40 anos ou mais) durante a gestação e a predisposição genética a não disjunção cromossômica em um dos genitores. O indivíduo com SD possui características clínicas relevantes como hipotonia muscular generalizada; face achatada; braquicefalia; pregas palpebrais oblíquas para cima; epicanto; prega simiesca; anomalias cardíacas, gastrintestinais; alterações visuais; problemas nas articulações. Além destas, SD apresenta alterações no sistema estomatognático: dentes, língua, periodonto, maxila, palato, mandíbula, oclusão e articulação temporomandibular. Os Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) têm sido a estratégia da Política Nacional de Saúde Bucal (PNSB) para garantir a atenção secundária a esta população. Este trabalho teve como objetivo avaliar os pacientes com SD atendidos no CEO-Bauru, no período de fevereiro de 2007 a outubro de 2015, verificar os tratamentos odontológicos realizados nas diferentes especialidades; averiguar a presença de alterações no sistema estomatognático para compará-las com os relatos atualizados de literatura.Entre as pessoas com deficiência cadastradas no CEO- Bauru foi registrado 62 prontuários de indivíduos com SD, distribuídos em grupos por faixa etária em crianças, adolescente e adulta para o estudo. Não houve predileção por gênero, etnia ou classe social. A forma citogenética mais encontrada foi a trissomia livre. Há predomínio de mães mais jovens (menos de 35 anos) ao nascimento da criança. A hipotonia muscular esquelética está presente em todo grupo e a multiplicidade de sistemas está presente, como cardiopatia congênita, alteração visual, anomalias gastrintestinais entre outros. Neste grupo há alterações no sistema estomatognático (língua, dentes, periodonto, palato, maxila e oclusão). Entre os tratamentos dentários realizados, predominou a dentisteria e o preventivo, tendo casos compartilhados com profissionais das especialidades endodontia e periodontia, mostrando a possibilidade de atendimento com mais de um profissional. Não houve encaminhamentos para prótese dentária, pois, foram casos relacionados a grande perda óssea e/ou associação com transtorno do espectro autista (TEA) e não há casos de dentes inclusos ou impactados ou a presença de lesões que sugerissem a necessidade de intervenção pela profissional da especialidade de cirurgia oral menor. Esses resultados mostram que a presença da SD, considerando suas peculiaridades não é um fator de impedimento para o tratamento odontológico destes pacientes em ambulatório; a incidência da SD é alta entre os indivíduos com deficiência no CEO-Bauru e da importância de conhecer as características e necessidades de tratamento desses indivíduos para o cirurgião dentista trabalhar com eficácia, êxito e segurança na condução dos tratamentos.
Abstract: Down Syndrome (DS) or trisomy 21 was first described by John Longden Hayden Down in 1866. It is a human genetic condition that occurs before birth, it is the main cause of intellectual disability in the population, being considered the most common congenital mental abnormality. DS is the most known malformation syndrome of the human species, it was the first chromosomal abnormality to be recognized and it is among the most common chromosomal alteration in humans. In Brazil, the incidence is of 1 in every 600 live births. The probable factors that cause the condition are advanced maternal age (40 years or more) and the genetic predisposition of one of the parents to non disjunction. Down Syndrome individuals have important clinical characteristics such as general muscular hypotonia, flat face, brachycephaly, upward slanting eyelids, epicanthus, simian crease, cardiac abnormalities, gastrointestinal and vision changes, joint problems. Apart from these, SD individuals also present changes in the stomatognathic system: teeth, tongue, periodontal, maxilla, palate, jaw, occlusion and TMJ. The Specialized Dental Clinics (CEO) have been the strategy of the National Oral Health Policy (NBSP) to ensure secondary care to this population. This study aims at evaluating DS patients treated at CEO-Bauru, from February 2007 to October 2015, totaling 62 records. In order to do so, we checked the dental treatments performed in different specialties; as well as verified the presence of alterations in the stomatognathic system, comparing them to the updated records in the literature. Among people with disabilities registered in CEO- Bauru it was recorded 62 records of individuals with DS, divided into groups by age in children, adolescent and adult to study. There was no predilection for gender, ethnicity or social class. The most frequent cytogenetic form was the free trisomy. There is a predominance of younger mothers (under 35 years) the child's birth. Skeletal muscle hypotonia is present in every group and the multiplicity of systems is present, such as congenital heart disease, visual changes, gastrointestinal abnormalities among others. In this group there are changes in the stomatognathic system (tongue, teeth, periodontal, palate, jaw and occlusion). Among the dental treatments performed, predominated dentistry and preventive, and shared cases with professionals from endodontics and periodontics specialty, showing the possibility of service with more than a professional. There were no referrals for dental prosthesis, as were cases related to severe bone loss and / or association with autism spectrum disorder (ASD) and no cases of included or impacted teeth or lesions that suggest the need for intervention by professional specialty of minor oral surgery. These results show that the presence of SD considering its peculiarities is not a impediment factor for dental treatment of these patients on clinic; the incidence of SD is high among individuals with disabilities in the CEO-Bauru and the importance of knowing the characteristics and treatment needs of these individuals to the dentist to work effectively, successfully and driving safety of the treatments.
Palavras-chave: Síndrome de Down
Hipotonia muscular
Manifestações bucais
Down syndrome
Muscular hypotonia
Oral manifestations
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Saúde Coletiva
Citação: NACAMURA, Claudia Akemi. Perfil dos indivíduos com síndrome de down de um centro de especialidades odontológicas em um município de São Paulo. 2016. 74 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia - Saúde Coletiva) - Universidade do Sagrado Coração, Bauru, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/308
Data de defesa: 26-Fev-2016
Aparece nas coleções:Mestrado em Saúde Coletiva

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao_claudia_nacamura.pdfDocumento completo6,86 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.