Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/334
Tipo do documento: Dissertação
Título: Perfil lipídico, capacidade funcional e índice tornozelo-braquial em idosos sedentários e ativos
Título(s) alternativo(s): Lipid profile, functional capacity and ankle-brachial index in sedentary and active elderly
Autor: Marques, Terezinha Sasaki 
Primeiro orientador: Barrile, Silvia Regina
Resumo: Introdução: Idosos geralmente tornam-se menos ativos e diminuem sua capacidade funcional. A prática de atividade física regular previne as doenças cardiovasculares (DCV) e a aterosclerose, além de melhorar o perfil lipídico e a capacidade funcional. Objetivo: Avaliar e comparar o perfil lipídico, capacidade funcional e índice tornozelo-braquial dos idosos sedentários e ativos. Métodos: Trata-se de um estudo comparativo e transversal realizado com 84 idosos (≥ 60 anos) de ambos os sexos, divididos em dois grupos: grupo sedentário (GS, n= 50) e grupo ativo (GA, n= 34) segundo o Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ), versão curta. Foram realizadas avaliações com: dados dos indivíduos, IPAQ, antropometria, pressão arterial (PA), frequência cardíaca (FC), índice tornozelo-braquial (ITB) e testes de funcionalidade (Short Physical Performance Battery - SPPB e Teste de caminhada de 6 minutos - TC6). Foi utilizado o teste de normalidade Shapiro-Wilk para apresentação dos dados em médias (± desvios padrão) ou mediana (intervalo interquartílico) para as variáveis de distribuição normal ou não normal, respectivamente. Na comparação entre os grupos utilizou-se o teste t-Student e o teste Mann Whitney. Para os dados categóricos foi utilizado o teste exato de Fisher. Nível de significância de p<0,05. Resultados: Foi verificado no GA valores maiores da lipoproteína de alta densidade (high density lipoprotein cholesterol, HDL-c) (p = 0,001) e menores do triglicerídeo (TG) (p = 0,007) comparados ao GS. Na avaliação ITB observou-se que o GA apresentou melhores índices de ITB direito (p = 0,012), esquerdo (p = 0,015) e final (p = 0,004) quando comparado ao GS. Houve melhores resultados no desempenho funcional do GA na avaliação SPPB (p = 0,0007) e no TC6 com maior distância percorrida (p = 0,0027). Nas medidas antropométricas, o GA apresentou menor índice de massa corporal (p = 0,041) e circunferência abdominal (p = 0,029). Na incidência de doenças referidas, apenas a hipertensão foi diferente entre os grupos (p = 0,029). Conclusão: Idosos ativos apresentaram melhor perfil lipídico, maiores níveis do ITB, melhor desempenho funcional, além de menores medidas antropométricas e menor incidência de hipertensão, em comparação com os sedentários
Abstract: Introduction: Elderly people generally become less active and decrease their functional capacity. The practice of regular physical activity prevents cardiovascular diseases (CVD) and atherosclerosis, in addition to improving lipid profile and functional capacity. Objective: To evaluate and compare the lipid profile, functional capacity and ankle-brachial index of the sedentary and active elderly. METHODS: This was a comparative and cross-sectional study with 84 elderly (≥ 60 years) of both sexes, divided into two groups: sedentary group (SG, n = 50) and active group (AG, n = 34) according to the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ), short version. Evaluations were performed with: individuals data, IPAQ, anthropometry, blood pressure (BP), heart rate (HR), ankle-brachial index (ABI) and functional tests (Short Physical Performance Battery - SPPB and 6-minute walk test - 6MWT). The Shapiro-Wilk normality test was used to present the data in averages (± standard deviations) or median (interquartile range) for the variables of normal or non-normal distribution, respectively. In the comparison between the groups the t-Student test and the Mann Whitney test were used. Fisher's exact test was used for the categorical data. Significance level of p<0.05. Results: Higher values of HDL-c (p = 0.001) and lower triglyceride (p = 0.007) of AG were verified compared to SG. In the ITB evaluation, it was observed that the AG presented better rates of right ABI (p = 0.012), left (p = 0.015) and final (p = 0.004) when compared to SG. There were better results in AG functional performance, in the SPPB evaluation (p = 0.0007) and in the 6MWT with greater distance traveled (p = 0.0027). In the anthropometric measurements, AG had lower body mass index (p = 0.041) and waist circumference (p = 0.029). In the incidence of referred diseases, only hypertension was different between groups (p = 0.029). Conclusion: Active elderly showed better lipid profile, higher levels of ABI, better functional performance, lower anthropometric measurements and lower incidence of hypertension, compared to sedentary ones
Palavras-chave: Idosos
Sedentarismo
Lipídeo
Capacidade funcional
Índice tornozelo braquial
Aged
Sedentary
Lipid
Functional capacity
Ankle brachial index
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Saúde Funcional
Citação: MARQUES, Terezinha Sasaki. Perfil lipídico, capacidade funcional e índice tornozelo-braquial em idosos sedentários e ativos. 2017. 35 f. Dissertação (Mestrado em Fisioterapia - Área de Concentração: Saúde Funcional) - Universidade do Sagrado Coração, Bauru, 2017 .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/334
Data de defesa: 15-Fev-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Fisioterapia em Saúde Funcional



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.