Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/335
Tipo do documento: Tese
Título: Processo de reparo de enxerto ósseo particulado em defeito de calota craniana de coelhos sob influência da laserterapia de baixa potência e inibição de COX-2
Título(s) alternativo(s): Particle bone graft repair procedure in skull defect of rabbits under the influence of low power laser therapy and inhibition of COX-2
Autor: Comparin, Éliston 
Primeiro orientador: Ribeiro-Junior, Paulo Domingos
Resumo: Reabilitar o sistema estomatognático talvez seja o grande desafio da odontologia atual: recuperando forma, função e estética. A busca de novas técnicas que facilitem as reconstruções ósseas, diminuindo custos financeiros, emocionais, bem como o tempo de tratamento são metas que precisam ser alcançadas. O presente estudo tem como objetivo investigar o processo de reparo de enxerto ósseo autógeno particulado em defeitos de calota craniana de coelhos utilizando droga anti-inflamatória não-esteroidal específica para COX-2 e laserterapia de baixa potencia. Vinte e quatro coelhos machos tipo Nova Zelândia foram divididos em dois grupos: Grupo 1: laser terapia de baixa potência (LTB) e grupo 2: LTB mais Anti-inflamatório não esteroidal (AINE). Os animais do grupo 1 e grupo 2 receberam 4 pontos de aplicações de LTB, (AI-GA-AS 808nm, CW, 30 mW, 0,028 cm2, 15 segundos de irradiação, 16J/cm2 por ponto, totalizando 64J/cm2 por sessão) os animais do grupo 2 receberam por via oral a droga etoricoxibe na proporção de 6mg/K dia. Após os períodos de 7, 14 e 30 dias os animais foram eutanasiados e as áreas enxertadas removidas para análises morfológica microscópica, histomorfométrica e imunohistoquímica para COX-2 e fator de crescimento endotelial vascular (VEGF). Os dados da análise histomorfométrica foram submetidos ao teste estatístico de Kruskal Wallis com comparações individuais realizadas pelo Teste de Miller onde observou-se diferença estatisticamente significante entre o grupo 1 LTB (271,5 mediana dos pontos) e o grupo 2 LTB +AINE (181,5 mediana dos pontos) para o período de 14 dias somente. Na análise imunohistoquimica, utilizando a proteína COX-2 como marcador, observamos que no período de 14 dias, houve uma formação óssea mais evidente no grupo 1 LTB, indicando que a ausência do AINE melhorou o reparo ósseo neste período. Concluímos que o grupo que utilizou somente LTB no período de 14 dias obteve uma melhor resposta para o reparo ósseo quando comparado ao grupo que utilizou LTB mais AINE
Abstract: Rehabilitate the stomatognathic system is perhaps the major challenge of the current dentistry: recovering form, function and aesthetics. The search for new techniques that facilitate bone reconstruction, reducing financial costs, emotional, and the treatment time are goals that must be achieved. The present study aims to investigate the process of particulate autogenous bone graft in repair skull defects of rabbits using anti-inflammatory drugs non-steroidal specific for COX-2 and low-power laser therapy. Twenty-four male New Zealand type rabbits were divided into two groups: Group 1: Low-power laser therapy (LTB) and group 2: LTB more non-steroidal anti-inflammatory drug (NSAID). Animals of group 1 and group 2 received 4 points of LTB applications (AI-GA-AS 808nm, CW, 30 mW, 0.028 cm2, 15 seconds of irradiation, 16J / cm2 per point, totaling 64j / cm2 per session) animals in group 2 were orally dosed with the drug etoricoxib in the proportion of 6 mg / day K. After periods of 7, 14 and 30 days the animals were sacrificed, and the grafted areas removed for microscopic morphological analysis, histomorphometry and immunohistochemistry for COX-2 and vascular endothelial growth factor (VEGF). The data from histomorphometric analysis were subjected to statistical tests of Kruskal Wallis with individual comparisons undertaken by the Miller test where there was a statistically significant difference between group 1 LTB (median 271.5 points) and group 2 LTB + NSAID (181 5 median points) for 14 days only. In immunohistochemical analysis using COX-2 protein as a marker, we found that the 14-day period, there was a more obvious bone formation in group 1 LTB, indicating that the absence of the NSAID improved bone healing will be shown. We concluded that the group that used only LTB in 14 days got a better response to bone repair when compared to the group using more NSAID LTB
Palavras-chave: Laserterapia de baixa potência
Enxerto ósseo
Reparo ósseo
COX-2
VEGF
imunohistoquimica
Low laser therapy
Bone grafting
Bone repair
COX2
VEGF
Immunohistochemistry
Área(s) do CNPq: ODONTOLOGIA::CIRURGIA BUCO-MAXILO-FACIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Cirurgia Bucomaxilofacial
Citação: COMPARIN, Éliston. Processo de reparo de enxerto ósseo particulado em defeito de calota craniana de coelhos sob influência da laserterapia de baixa potência e inibição de COX-2. 2016. 56 f. Tese (Doutorado em Biologia Oral - Área de Concentração: Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial) - Universidade do Sagrado Coração, Bauru, 2016 .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/335
Data de defesa: 20-Out-2016
Aparece nas coleções:Doutorado em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial (CTBMF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Processo de reparo de enxerto osseo particulado em defeito de calota craniana de coelhos sob influencia da... (201579).pdfDocumento principal11,14 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.