Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/48
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo epidemiológico do HIV-AIDS no município de Tupã - SP
Título(s) alternativo(s): Epidemiological study of HIV-AIDS in the city of Tupa - SP
Autor: Oliveira Neto, Faustino Correia de 
Primeiro orientador: Laurenti, Ruy
Resumo: A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) é um problema de Saúde Pública que alcança proporções pandemicas. Nos últimos tempos, poucos agravos á saúde geraram tamanho grau de interesse: dos profissionais de saúde da atividade cientifica; alem de terem surgido preconceito com relação a AIDS. Embora inicio tenha ficado dentro do grupo de homens que fazem sexo com outros homens, mais presentes nos países industrializados e na América Latina, o HIV se disseminou rapidamente entre os diversos segmentos da sociedade, passou a alcançar mulheres, crianças e os homens com prática heterossexual. O objetivo dessa pesquisa foi descrever o perfil epidemiológico da AIDS no município de Tupã SP em uma série histórica (1987 a 2006); a morbimortalidade por AIDS, segundo idade e sexo; apresentar os custos de internação pelo HIV. O estudo foi realizado com dados secundários referentes aos casos de Tupã SP extraídos do Sistema de Informações Hospitalares (SIH), do Sistema Nacional de Notificações (SINAN), do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), e dos censos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatístico (IBGE) para os anos de 1980, 1991 e 2000. Houve a analise dos grupos etários: (10-19, 20-29, 30-39, 40-49, 50-59, 60-69, 70-79 e 80 anos e mais); para checar mortalidade, internações e notificações.Através destes dados foram realizadas comparações entre sexo. Para o comportamento sexual e óbitos utilizou -se os dados da Secretaria Municipal de Saúde. O estudo descrito teve uma abrangência de dezenove anos: de 1987 (quando o primeiro caso de AIDS foi notificado no município de Tupã - SP) até 2006 (ano mais atualizado em relação aos dados de notificação e internação). A categoria observada foi: Doença pelo vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) - B20-B24, pertencentes ao capítulo I (Doenças Infecciosas e Parasitárias) conforme a Classificação Internacional de Doenças. Os resultados mostram que são 138 casos notificados, 89 homens (64,5%) e 49 mulheres (35,5%) com aumento desses casos na população feminina em 1998 e 2003.A maior parte das internações ocorreu em 2005 83 internações por AIDS (12,9%) relacionadas às doenças infecciosas e parasitárias. A faixa etária predominante em todos os anos analisados foi entre 20 e 29 anos. Os custos das internações por AIDS foram maiores mesmo com um número menor de internações comparadas com as doenças isquêmicas do coração e diabetes em 2005.Houve um aumento da mortalidade proporcional entre o sexo masculino em 2000,2001 e 2003. Na categoria de exposição os homo e bissexuais representam 20,4%, os heterossexuais 39,3% e ignorados 11,3%. Em síntese, a evolução da epidemia da AIDS configura-se como um importante campo de estudo, uma vez que esta epidemia apresenta um potencial de crescimento, tanto pela reduzida proporção da população consciente das possibilidades de infecção, como pelo pequeno número daqueles que de maneira eficaz previnem-se contra a mesma, assim como pelos elevados custos sociais que a sua disseminação impõe.
Abstract: The Immunodeficiency Acquired Syndrome (AIDS) is a problem of Public Health that reaches pandemics proportions. Lately few health problems have caused so much interest among the health professionals who working the scientific activity. Although in the beginning it happened only inside the group where men make sex with other men, in the industrialized countries and in Latin America, HIV was disseminated quickly among the several segments of the society, it started to reach women, children and the men with heterosexual practice. The main aim of that research was to describe the epidemic profile of AIDS in Tupã City- SP in a historical serial (1987 to 2006); the HIV mortality according to sex and age and to show the HIV internment costs. The study was accomplished with secondary data regarding the cases of Tupã- SP extracted of Hospital information System, National Notifications System and Mortality Information System about , and of the censuses of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) in 1980, 1991 and 2000. There was age groups analyses (10-19, 20-29, 30-39, 40-49, 50-59, 60-69, 70-79 and 80 years and over); to check mortality, internments and notifications . Through these data comparisons among sexes were accomplished. For the sexual behavior and deaths the data of City Health Department were used. The described study took nineteen years to be concluded: from 1987 (when the first case of AIDS was notified in Tupã City up to 2006 (more updated year in relation to the notification data and internment). The observed category was: Disease for the human immunodeficiency virus (HIV) - B20-B24, belonging to the chapter I (Infectious diseases and Parasitic) according to the International Classification of Diseases. The results show that there are 138 notified cases, 89 men (64,5%) and 49 women (35,5%) with increase of those cases in the feminine population in 1998 and 2003.The most of internments happened in 2005. 83 AIDS internments cases (12,9%) related to the infectious diseases and parasitic. The predominant age group in all of the analyzed years was between 20 and 29 years. The costs of AIDS internments were high even with a smaller number of internments compared with heart diseases a nd diabetes in 2005. There was an increase of the proportional mortality among the masculine sex in 2000,2001 and 2003. In the exhibition category the homo and bisexual they represent 20,4%, the heterosexual ones 39,3% and unknown 11,3%. In synthesis, the evolution of AIDS epidemic is configured as an important study field, once this epidemic presents a growth potential, so much for the reduced proportion of the population conscious of the infection possibilities, as for the small number of those who take precautions against the same in an effective way, as well as for the high social costs that his/her spread imposes.
Palavras-chave: SÍNDROME DA IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA
MORBIDADE
MORTALIDADE
CUSTOS
SYNDROME OF THE ACQUIRED IMMUNODEFICIENCY
MORBOSITY
MORTALITY
COSTS
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: BR
Instituição: IASCJ - Universidade Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Saúde Coletiva
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/48
Data de defesa: 10-Nov-2010
Aparece nas coleções:Mestrado em Saúde Coletiva

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
dissertacao_faustino_correia_de_oliveira_neto.pdf355,36 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.