Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/7
Tipo do documento: Dissertação
Título: Mudanças de hábitos e atitudes ocorridas em sobreviventes de infarto agudo do miocárdio após angioplastia primária
Título(s) alternativo(s): Changes in habits and attitudes that have occurred in survivors of acute myocardial infarction after primary angioplasty
Autor: Gallo, Adriana Martins 
Primeiro orientador: Laurenti, Ruy
Resumo: O processo de reabilitação de qualquer doença necessita do envolvimento do doente e da interação do mesmo com o meio em que está inserido. Quanto ao infarto agudo do miocárdio não é diferente, principalmente quando no momento que o paciente é tratado ele já vai tomando consciência de alguns fatores relevantes que provavelmente o levaram ao episódio agudo. Muitas vezes, utilizando de recursos modernos disponíveis na terapêutica atual, incluindo pequeno prazo de internação quando o tratamento não é invasivo como a angioplastia primária, o paciente fica pouco tempo internado e sequer tem noção da gravidade do seu caso. A orientação quanto à mudanças de hábitos e atitudes é importante no sentido de conscientizá-lo para o início de uma prevenção secundária. Surgiu então a necessidade de se buscar o conhecimento de como é o comportamento dos pacientes após serem submetidos à alta hospitalar e devidamente serem orientados quanto às mudanças que devem ser instauradas na vida cotidiana desde então, sempre visando a modificação de fatores de risco para a projeção de uma vida saudável. O objetivo deste estudo é identificar as principais mudanças em relação aos hábitos e atitudes do paciente após sua recuperação de um episódio de infarto agudo do miocárdio, intervenção por angioplastia primária e orientação sobre a prevenção secundária. Foram entrevistados 40 infartados que tiveram alta hospitalar há mais de 12 meses e receberam orientação intra-hospitalar sobre mudanças do estilo de vida. Foi utilizado um questionário confeccionado pelos pesquisadores a partir da literatura. O resultado do estudo demonstrou que houveram mudanças após o infarto em hábitos e atitudes relacionados à alimentação, exercícios físicos, controle de níveis glicêmico e lipídeos e cessação do tabagismo, além de maior preocupação e cuidados em relação à saúde.
Abstract: The process of rehabilitation of any disease requires the involvement of the patient as well as his interaction with the surrounding environment. As for the acute myocardial infarction it is not different, especially when at the time of treatment the patient is made aware of some relevant factors that probably led to the acute episode. Often, by using the modern features available in current therapy, including short-term hospitalization when treatment is not invasive, such as primary angioplasty, the patient is temporarily hospitalized and barely has the notion of the seriousness of his case. The orientation regarding changes in habits and attitudes is important in that it raises awareness to initiates a secondary prevention. In face of that, came the need to seek knowledge on how patients behave after undergoing hospital and being properly advised of the changes that must be introduced in everyday life since then, always seeking the modification of risk factors for the projection of a healthy life. The aim of this study is to report the main changes in relation to the habits and attitudes of patients after their recovery from an episode of acute myocardial infarction, primary angioplasty intervention and guidance on secondary prevention. We studied 40 AMI patients who had been discharged from hospital over 12 months and had received in-hospital guidance on changes in lifestyle. We used a questionnaire developed by researchers from the literature studied. Results showed that after infarction there were changes in attitudes and habits related to diet, exercise, control of glycemic and lipid levels and smoking cessation, and also more concern and care in relation to health.
Palavras-chave: ANGIOPLASTIA
SOBREVIVÊNCIA
INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO
FATORES DE RISCO
DOENÇAS CARDIOVASCULARES
ANGIOPLASTY
SURVIVAL
ACUTE MYOCARDIAL INFARCTION
RISK FACTORS
CARDIOVASCULAR DISEASES
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: BR
Instituição: IASCJ - Universidade Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Saúde Coletiva
Citação: GALLO, Adriana Martins. Changes in habits and attitudes that have occurred in survivors of acute myocardial infarction after primary angioplasty. 2011. 52 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia - Saúde Coletiva) - IASCJ - Universidade Sagrado Coração, Bauru, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/7
Data de defesa: 9-Fev-2011
Aparece nas coleções:Mestrado em Saúde Coletiva

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
dissertacao_adriana_martins_gallo.pdf859,22 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.