Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.unisagrado.edu.br:8443/handle/tede/231
Tipo do documento: Tese
Título: Mapeamento da população idosa do município de Arapongas, Paraná
Título(s) alternativo(s): Mapping the elderly population Arapongas, Paraná
Autor: Stefanuto, Graziela 
Primeiro orientador: Payão, Spencer Luiz Marques
Resumo: Este estudo parte da delimitação da população idosa, ou seja, a população com idade superior a 60 anos. Sobre esta, entende-se que o envelhecimento populacional trouxe consigo mudanças no perfil de morbimortalidade dos brasileiros. Para a população idosa, essas alterações suscitam uma nova compreensão da assistência à saúde. Neste aspecto, aprofundarse nas questões mórbidas da população idosa torna-se um fator fundamental. Assim, esta pesquisa apresenta o perfil de saúde da população idosa do município de Arapongas, localizado no norte do Estado do Paraná. Objetivando investigar a população de 60 anos e mais do município de Arapongas, Pr., utilizou-se de fontes primárias e secundárias para coletar informações sócio-demográficas e de saúde de 9295 idosos. O perfil sócio demográfico mostra que a maioria dos sujeitos da pesquisa concentra-se na faixa dos 60 a 79 anos, sendo o sexo feminino mais freqüente que o masculino. Como estado civil, a maioria é casada, com formação escolar inferior a três anos e residindo com uma constelação familiar de duas pessoas. Embora aposentados, uma significativa parcela assume uma fonte alternativa de renda. No perfil de saúde, os sujeitos do estudo não usam tabaco ou álcool, são independentes, não praticam atividades físicas regularmente percebem sua saúde como boa ou regular. Para os indicadores mórbidos, a maioria dos sujeitos não relatou quedas e, quando ocorreram, não geraram fraturas. Para as patologias instaladas, as doenças crônico-degenerativas foram as mais relatadas. No que tange ao perfil das causas de internação as Doenças do Aparelho Circulatório foram as mais freqüentes, seguidas das Doenças do Aparelho Digestivo e das Causas Externas. Conclui-se que o perfil dos sujeitos é similar aos achados na literatura, porém as discrepâncias encontradas apontam para uma possível necessidade de melhoria na acessibilidade dos idosos aos serviços de saúde.
Abstract: This study is the delineation of the elderly population, ie the population aged over 60 years. About this means that population aging has brought changes in morbidity and mortality profile of Brazilians. For the elderly population, these changes give rise to a new understanding of health care. In this respect, delve into the morbid issues of the elderly population becomes a key factor. Thus, this research shows the health profile of the elderly population of the city of Arapongas, located in the northern state of Parana. Aiming to investigate the population 60 years and more of the city of Arapongas, Pr, was used for primary and secondary sources to collect information about socio-demographic and health of 9295 elderly. The socio-demographic profile shows that most subjects of the research focuses on the range of 60 to 79 years, where the female is more often than males. Such as marital status, most are married, with schooling less than three years, living with a Family constellation of two people. Although retired, a significant portion assumes an alternative source of income. In the health profile, the study subjects did not use tobacco or alcohol, are independent, do not practice regular physical activity perceive their health as good or regular. For the indicators of morbidity, most subjects reported no falls, and when they occurred, did not cause fractures. To install the pathologies, chronic degenerative diseases were the most reported. Regarding the profile of causes of hospitalization Diseases of the circulatory system were the most frequent, followed by diseases of the digestive and external causes. It is concluded that the profile of subjects is similar to the findings in the literature, but the discrepancies found indicate a possible need for improvement in the accessibility of elderly health services.
Palavras-chave: TRANSIÇÃO EPIDEMIOLÓGICA
TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA
MORBIDADE
SAÚDE DO IDOSO
EPIDEMIOLOGICAL TRANSITION
DEMOGRAPHIC TRANSITION
MORBIDITY
ELDERLY
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: IASCJ - Universidade Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Biologia Oral
Citação: STEFANUTO, Graziela. Mapeamento da população idosa do município de Arapongas, Paraná. 2012. 88 f. Tese (Doutorado em Biologia Oral) - IASCJ - Universidade Sagrado Coração, Bauru, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/231
Data de defesa: 1-Mar-2012
Appears in Collections:Doutorado em Biologia Oral

Files in This Item:
File SizeFormat 
tese_stefanuto.pdf741,67 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.