Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.unisagrado.edu.br:8443/handle/tede/404
Tipo do documento: Dissertação
Título: A ação da laserterapia de baixa potência e do diclofenaco sobre os aspectos morfométricos, histológicos e funcionais em longo prazo após lesão muscular por trauma em ratos diabéticos
Título(s) alternativo(s): The action of low power laser therapy and diclofenac on morphometric, histological and functional aspects in the long term after traumatic muscle injury in diabetic rats
Autor: Santos, Ligiane Souza dos 
Primeiro orientador: Carvalho, Rodrigo Leal de Paiva
Resumo: Pacientes com Diabetes Mellitus (DM) realizam como forma de prevenção, tratamento e até mesmo redução de outros fatores de risco, exercícios físicos aeróbios e de resistência. Porém lesões musculares traumáticas são comuns durante a prática de atividade física, podendo provocar perda funcional, alterações histológicas e morfológicas em graus variáveis. Diferentes tipos de terapias, farmacológicas e não farmacológicas, são prescritas no tratamento e recuperação de lesões do musculoesquelético, como drogas anti-inflamatórias e a laserterapia de baixa potência. Fisiologicamente, após uma lesão, o processo de reparo do musculoesquelético em ratos dura aproximadamente 28 dias até sua finalização, no entanto pouco se sabe a respeito da recuperação morfológica, histológica e funcional ao final desse processo de reparo do tecido muscular, no quadro de diabetes. O objetivo desse estudo foi avaliar a recuperação do tecido muscular, durante e ao final do processo de reparo (14 e 28 dias), através de análise morfométrica, histológica e funcional após lesão muscular por trauma em ratos diabéticos, utilizando como tratamento a laserterapia de baixa potência e o diclofenaco, de forma isolada ou combinada. Para a indução da lesão os animais receberam um único trauma no membro posterior direito. Os tratamentos ocorreram uma hora após o protocolo de lesão. A irradiação com laser foi realizada em apenas um ponto na região do trauma, na dose de energia de 3 J, por 30s. O diclofenaco foi aplicado, na dose de 11.6 mg/g -1 (miligrama grama) topicamente. Foram realizadas análises morfométricas, histológicas e funcionais do tecido muscular 14 e 28 dias após a indução da lesão. Os resultados obtidos mostram que nos aspectos morfométricos com 14 dias, o grupo Laser demonstrou maior área de fibra muscular, quando comparado ao grupo Laser+Diclo e semelhante ao grupo hígido (94.42±2.1). Com 28 dias os resultados foram semelhantes ao grupo de 14 dias. Na análise funcional com 14 dias pode se observar que os grupos Laser (-6.8±0.3) e Laser+Diclo (-8.67±0.3) mostraram melhorar padrão de marcha quando comparados aos demais grupos, e o grupo Laser obteve melhor padrão da marcha, quando comparado ao grupo Laser+Diclo, demonstrou padrão da marcha semelhante ao grupo hígido (-6.67±0.2). Com 28 dias os grupos obtiveram padrão semelhante de marcha aos grupos de 14 dias. Nos aspectos histológicos, o grupo que recebeu apenas o Laser mostrou uma melhora qualitativa, com melhor organização das células do tecido muscular e menor quantidade de hemácias, quando comparado aos demais grupos, mesmo não evitando o surgimento dos sinais típicos de lesão. Concluindo-se então que o Laser foi o tratamento mais eficaz no reparo do tecido muscular no tempo de 14 e 28 dias e obteve resultados positivos na regeneração funcional, morfométrica e histológica do tecido muscular.
Abstract: Patients with Diabetes Mellitus (DM) perform as a form of prevention, treatment and even reduction of other risk factors, aerobic physical exercises and resistance. However, traumatic muscular injuries are common during the practice of physical activity, which can cause functional loss, histological and morphological changes in varying degrees. Different types of pharmacological and non-pharmacological therapies are prescribed in the treatment and recovery of musculoskeletal injuries, such as anti-inflammatory drugs and low-power laser therapy. Physiologically, after a lesion, the process of musculoskeletal repair in rats lasts approximately 28 days until its completion, however little is known about the morphological, histological and functional recovery at the end of this process of muscle tissue repair, in the case of diabetes. The objective of this study was to evaluate the recovery of muscle tissue during and at the end of the repair process (14 and 28 days), through morphometric, histological and functional analysis after traumatic muscle injury in diabetic rats, using laser therapy low potency and diclofenac, alone or in combination. To induce the lesion, the animals received a single trauma to the right hind limb. Treatments occurred one hour after the lesion protocol. Laser irradiation was performed at only one point in the trauma region, at the energy dose of 3 J, for 30 s. Diclofenac was applied at the dose of 11.6 mg / g -1 (milligram gram) topically. Morphometric, histological and functional analyzes of the muscle tissue were performed 14 and 28 days after the induction of the lesion. The results obtained show that in the morphometric aspects at 14 days, the Laser group showed a greater muscle fiber area when compared to the Laser + Diclo group and similar to the healthy group (94.42 ± 2.1). At 28 days the results were similar to the group of 14 days. In the 14-day functional analysis, it can be observed that the Laser (-6.8 ± 0.3) and Laser + Diclo (-8.67 ± 0.3) groups showed improved gait pattern when compared to the other groups, and the Laser group obtained a better walking pattern, when compared to the Laser + Diclo group, demonstrated gait pattern similar to the healthy group (-6.67 ± 0.2). At 28 days, the groups obtained a similar pattern of gait in the 14-day groups. In the histological aspects, the group that received only the Laser showed a qualitative improvement, with better organization of the cells of the muscular tissue, less amount of red blood cells and extracellular matrix with less wave profile, when compared to the other groups, not even avoiding the appearance of the signs typical of injury.It was concluded that the Laser was the most effective treatment in the repair of the muscular tissue in the time of 14 and 28 days and obtained positive results in the functional, morphometric and histological regeneration of the muscular tissue.
Palavras-chave: Ferimentos e lesões
Sistema Musculoesquelético
Terapia Combinada
Terapia a Laser de Baixa Intensidade
Diabetes Mellitus
Diclofenaco
Fotobiomodulação
Injuries and injuries
Musculoskeletal System
Combined Therapy
Low Level Laser Therapy
Diabetes Mellitus
Diclofenac
Photobiomodulation
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Saúde Funcional
Citação: SANTOS, Ligiane Souza dos. A ação da laserterapia de baixa potência e do diclofenaco sobre os aspectos morfométricos, histológicos e funcionais em longo prazo após lesão muscular por trauma em ratos diabéticos. 2018. 56 f. Dissertação (Mestrado em fisioterapia em Saúde Funcional) - Universidade do Sagrado Coração, Bauru, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/404
Data de defesa: 28-Feb-2018
Appears in Collections:Mestrado em Fisioterapia em Saúde Funcional



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.