Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.unisagrado.edu.br:8443/handle/tede/428
Tipo do documento: Dissertação
Título: Correlação entre os polimorfismos (G482A) e (G216A) do gene COMT (Catecol-o-Metiltransferase) e o ambiente no câncer de mama em cadelas
Título(s) alternativo(s): Correlation between the polymorphisms (G482A) and (G216A) of the COMT (Catechol-o-Methyltransferase) gene and the environment in breast cancer in bitches
Autor: Souza, Freddi Bardela de 
Primeiro orientador: Payão, Spencer Luiz Marques
Primeiro coorientador: Rasmussen, Lucas Trevizani
Resumo: O número de casos de tumores mamários apresenta-se em crescimento acentuado tanto em animais quanto em humanos. A causa exata dessa neoplasia é provavelmente de caráter multifatorial. Influências hormonais, envolvimento de citocinas/quimiocinas pró-inflamatórias, polimorfismos genéticos e influências de fatores ambientais podem estar presentes. Assim os objetivos do presente trabalho foram classificar os tumores mamários de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), avaliar a presença dos polimorfismos (G482A) e (G216A) do gene Catecol-O-Metiltransferase - COMT e correlacioná-los com a classificação histológica dos mesmos, além de estudar a correlação dos polimorfismos com alguns hábitos de vida dos animais e os locais onde vivem. Foram avaliadas 09 cadelas que passaram por anamnese e exame físico onde se mostraram saudáveis (sem presença de nódulos mamários) e 30 cadelas com tumores mamários, submetidas à cirurgia no Hospital Veterinário das Faculdades Integradas de Ourinhos - FIO e nas clínicas da região. No total foram analisadas 39 amostras. Os proprietários dos animais atendidos no Hospital veterinário das FIO responderam á um questionário de caráter epidemiológico com o intuito de associarmosos parâmetros mencionados anteriormente.Em associação da obtenção das biópsias, foi realizada a coleta de sangue para extração de DNA e posterior caracterização dos polimorfismos (G482A) e (G216A) do gene COMT por PCR-RFLP. As neoplasias mamárias mais encontradas foram os Carcinomas sólidos e os Carcinomas simples, sendo estas neoplasias mais agressivas segundo a classificação da Organização mundial da saúde. Apesar dos resultados não serem estatisticamente significantes, pode-se observar uma associação do Gene COMT nos polimorfismos 482A e 216A com o desenvolvimento de neoplasias mamárias, principalmente quando encontrado o alelo G com o genótipo G/G.
Abstract: The number of cases of mammary tumors shows a marked increase in both animals and humans. The exact cause of this neoplasm is probably multifactorial. Hormonal influences, involvement of pro-inflammatory cytokines/chemokines, genetic polymorphisms and influences of environmental factors may be present. The aim of this study was to classify mammary tumors according to the World Health Organization (WHO), to evaluate the presence of polymorphisms (G482A) and (G216A) in the Catechol-O-Methyltransferase-COMT gene and to correlate them with the histological classification of as well as to study the correlation of the polymorphisms with some life habits of the animals and the places where they live. We evaluated 09 controls and 30 bitches with breast tumors, submitted to surgery at the Veterinary Hospital of FaculdadesIntegradas de Ourinhos - FIO and in the clinics of the region. In total, 39 samples were analyzed. The owners of the animals treated at the Veterinary Hospital of the Yarns answered a questionnaire of epidemiological character with the intention of associating some variables. In combination with the biopsy collection, blood was collected for DNA extraction and subsequent characterization of the COMT gene polymorphisms (G482A) and (G216A) by PCR-RFLP. The most common breast neoplasms were solid carcinomas and simple carcinomas, which were the most aggressive neoplasms according to the classification of the World Health Organization. Although the results were not statistically significant, a considerable association of Gene COMT in the 482A and 216A polymorphisms with the development of mammary neoplasiascan be observed, especially when the G allele with the G/G genotype was found.
Palavras-chave: Polimorfismos
Câncer de mama
Cães
Polymorphism
Breast cancer
Dogs
Área(s) do CNPq: CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências Exatas e Sociais Aplicadas
Programa: Ciência e Tecnologia Ambiental
Citação: SOUZA, Freddi Bardela de. Correlação entre os polimorfismos (G482A) e (G216A) do gene COMT (Catecol-o-Metiltransferase) e o ambiente no câncer de mama em cadelas. 2018. 57 f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental) - Universidade do Sagrado Coração, Bauru, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/428
Data de defesa: 30-May-2018
Appears in Collections:Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.