Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.unisagrado.edu.br:8443/handle/tede/484
Tipo do documento: Tese
Título: Detecção molecular de mycobacterium leprae no tecido do sulco gengival e na saliva em casos de hanseníase
Título(s) alternativo(s): Molecular detection of mycobacterium leprae in gingival sulcus tissue and saliva in leprosy cases
Autor: Trize, Débora De Melo 
Primeiro orientador: Marta, Sara Nader
Primeiro coorientador: Virmond, Marcos da Cunha Lopes
Resumo: A hanseníase é uma doença infecciosa crônica caracterizada por alterações de sensibilidade tátil, térmica e dolorosa na pele devido ao acometimento dos nervos periféricos. No Brasil é uma enfermidade ainda endêmica, combatê-la é prioridade na saúde pública, entretanto, um dos maiores entraves é sem dúvida o diagnóstico. A principal via de transmissão se faz de forma direta, sendo a mais provável o trato respiratório, necessitando predisposição para adquirir a doença e ter contato íntimo e prolongado com o doente sem tratamento. O Mycobacterium leprae (M. leprae) é o principal agente causador da hanseníase e pode estar presente na mucosa bucal sem causar alteração morfológica, e somente métodos laboratoriais mais sensíveis detectam sua presença. Dentre os exames de alta sensibilidade e especificidade, a reação em cadeia da polimerase em tempo real (qPCR) já provou ser um método rápido, fácil e confiável para a detecção molecular da micobactéria. O objetivo deste estudo foi identificar molecularmente a presença de M. leprae no tecido do sulco gengival e na saliva, em casos de hanseníase, e voluntários ditos saudáveis. Para tal, a metodologia utilizada foi a qPCR, no gene alvo RLEP (elemento genético repetitivo), em amostras de DNA do M. leprae extraídas do sulco gengival e da saliva. Participaram deste estudo 31 pacientes com hanseníase (GH) e 51 voluntários no grupo controle (GC). Constatou-se que há presença do M. leprae na saliva e no tecido do GH. A qPCR de saliva e tecido positivos em GH, resultam das amostras com características multibacilares (88,89%), do tipo borderline lepromatosa (BL) (55,56%), em estado reacional do tipo 2 (81,5%). Os resultados sustentam o fato que a região bucal possa ser um sítio de importância na detecção precoce e no diagnóstico complementar do M. leprae.
Abstract: Leprosy is a chronic infectious disease characterized by changes in tactile, thermal and painful skin sensitivity, due to peripheral nerves involvement. In Brazil is a still endemic disease; fighting it is priority in public health, however, one of the biggest obstacles is the diagnosis. The main route of transmission is done directly, most likely the respiratory tract, requiring a predisposition to acquire the disease. Mycobacterium leprae (M. leprae) is the main causative agent of leprosy and sensitive methods are needed to detect the bactéria. One of the tests of high sensitivity and specificity, the polymerase chain reaction in real time (qPCR) has proved to be a quick, easy and reliable method for molecular detection and quantification of mycobacteria. The aim of this study was to molecularly identify the presence of M. leprae in the tissue of the gingival sulcus and in the saliva, of leprosy, and healthy volunteers. For this, the methodology used was qPCR, in the target gene RLEP (gene repetitive elemento), in DNA samples of M. leprae extracted from the gingival sulcus and saliva. 31 patients with leprosy (GH) and 51 volunteers in the control group (GC) participated in this study. The results were stored in specific and spreadsheets, involving absolute and relative frequencies. It was found that M. leprae was present in saliva and in GH tissue. The qPCR of saliva and positive tissue results from samples with multibacillary characteristics (88.89%), of the borderline lepromatous type (BL) (55.56%), in a reactional state of type 2 (81.5%). The results support the fact that the buccal region may be a site of importance in the early detection and complementary diagnosis of M. leprae.
Palavras-chave: Hanseníase
Mucosa Bucal
Diagnóstico
qPCR
Doenças negligenciadas
Leprosy.
Mouth mucosa
Diagnosis.
Neglected Diseases.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Biologia Oral
Citação: Trize, Débora De Melo. Detecção molecular de mycobacterium leprae no tecido do sulco gengival e na saliva em casos de hanseníase. 2019. Tese( Biologia Oral) - Universidade do Sagrado Coração, Bauru, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.usc.br:8443/handle/tede/484
Data de defesa: 12-Aug-2019
Appears in Collections:Doutorado em Biologia Oral



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.