Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.unisagrao.edu.br:8443/handle/tede/148
Tipo do documento: Dissertação
Título: Comportamento dos tecidos articulares após lesão cirúrgica e estimulação por laser arsenieto gálio de baixa intensidade
Título(s) alternativo(s): Behavior of articular tissues after injury and surgery arsenieto gallium laser stimulation of low intensity
Autor: Roman, Maria Cecília da Silveira
Primeiro orientador: Kinoshita, Ângela Mitie Otta
Resumo: As patologias que envolvem lesões da cartilagem articular estão freqüentemente associadas à dificuldade de plena regeneração da cartilagem hialina e sua possível evolução para doenças articulares. A evolução desta patologia degenerativa acarreta o comprometimento dos movimentos. Diversas metodologias vêm sendo desenvolvidas e empregadas no tratamento destas lesões, dentre estas, o laser de baixa intensidade. Esta modalidade vem sendo utilizada para o tratamento dos efeitos malignos da inflamação, bem como para acelerar a regeneração tecidual das regiões lesadas. Em vista desses aspectos, este trabalho tem como finalidade verificar o comportamento dos tecidos articulares (cartilagem, tecido fibroso e trabéculas ósseas) após lesão cirúrgica e estimulação por laser de baixa potência. Para tanto, foi desenvolvido um modelo experimental com 42 ratos machos da linhagem Albinus wistar, com aproximadamente 200 a 250 g de peso corporal, de três meses de idade. Os ratos foram distribuídos em três grupos, com quatorze animais, cada grupo foi subdividido dois subgrupos de sete animais, um denominado grupo estimulado (GE) o outro, grupo controle (GC). Todos os animais foram submetidos a uma lesão cirúrgica com broca odontológica (Trefine) de 2mm de diâmetro na cartilagem articular do joelho direito. O GE foi tratado com irradiação pelo laser Arsenieto de Gálio (GaAs) de baixa intensidade, com comprimento de onda de 904nm, dose de 3J/cm2, em três pontos (método pontual) com duração de trinta segundos cada (total 90s) por um período de dez dias consecutivos. A eutanásia ocorreu no primeiro grupo (GE e GC) após 14 dias; no segundo aos 28 dias e, no terceiro grupo, após 56 dias. Todo o trabalho experimental foi realizado no biotério do Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium de Lins-SP; as análises histológicas e histométricas foram realizadas nos laboratórios de histologia e histometria da Universidade do Sagrado Coração de Bauru SP. A verificação dos resultados foi pela análise histológica comparativa e histométrica entre os GE e os GC de cada período. A comparação entre as médias foi feita pelo teste Tukey, considerando diferença significativa quando p<0,05. Os resultados da análise histométrica mostram que o crescimento de tecido fibroso foi maior no GE em relação ao GC nos períodos de 28 dias (65,4±0,8 e 63,8± 0,4) e 56 dias (66,2±1,0 e 63,1± 0,7). As trabéculas ósseas apresentaram-se em maiores proporções no GE no período de 14 dias (18,4 ± 1.1 e 12,2 ± 0,7) e maior no GC nos demais períodos estudados (20,9 ± 0.5 e 24,1 ± 1,3) e (22,7 ±0,8 e 26,8 ± 0,5), 28 e 56 dias, respectivamente. Já a fração relativa à cartilagem apresentou diferença estatisticamente significativa entre os grupos somente no período de 14 dias, sendo maior no GC (16,5 ± 0,7 e 24,9 ± 1,4). A verificação histométrica aponta que o uso do laser Arsenieto de Gálio, na dose utilizada, causou efeitos na regeneração dos tecidos.
Abstract: The pathologies related to articular cartilage injuries are frequently associated to the difficulties of complete regeneration of the hyaline cartilage that can develop articular illness. The evolution of this degenerative pathology causes the lost of movements. Many procedures have been developed and used to the treatment of these lesions. The low intensity laser is one of them. This technology has been used for treatment of harmful effects of inflammation as well as to accelerate the tissue regeneration in the injuries region. So, the subject of this work is to verify the effect of low intensity laser on the articular tissues (cartilage, fibrous tissue and bone trabeculae) after surgical injury and later stimulation. An experimental study in animal model was developed. 42 males Albinus wistar rats, with about 200 to 250g and 3 months old were used. The rats were distributed in 3 groups with 14 animals and each one was subdivided in 2 groups named stimulated group (SG) and control group (CG). Each animal were submitted the surgical injury with 2mm of diameter in the articular cartilage of right knee with dentistric drill. The SG group was treated with Arsenieto of Galio (GaAs) laser radiation; wavelength of 904nm, with a dose of 3J/cm2, through three points of application with 30s each (total 90s) for 10 successive days. The first group (SG and CG) was euthanized 14 days after surgery; the second after 28 days and the last, at 56 days. The experimental procedures were made at Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium de Lins-SP bioterio. The histologycal and histometric analyses were made at Universidade do Sagrado Coração de Bauru SP. The evaluation of the results was made by histological and histometric comparative analysis between SG and CG for each period. The mean comparison was made by Tukey test with significance level of 0.05. The histometric results shows that the fibrous tissue growth was more effective in the SG after 28 days (65.4 ± 0.8 and 63.8 ± 0.4) and 56 days (66.2 ± 1.0 and 63.1 ± 0.7) in comparison with control group. The presence of bone trabeculae is higher in stimulated group at 14 period (18.4 ± 1.1 and 12.2 ± 0.7) and in the control group on the others periods (20.9 ± 0.5 and 24.1 ± 1.3) and (22.7 ± 0.8 and 26.8 ± 0.5) 28 and 56 days respectively. The fraction of cartilage presents differences statistically significant between the groups just on 14 days period and in the control group this fraction is higher (16.5 ± 0.7 and 24.9 ± 1.4). The histometric results indicate that the use of GaAs low intensity laser, in this dose, has effect on the tissue regeneration.
Palavras-chave: CARTILAGEM
LASER
REGENERAÇÃO
TECIDO FIBROSO
TRABÉCULA ÓSSEA
CARTILAGE
LASER
REGENERATION
FIBROUS TISSUE
BONE TRABECULAE
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: IASCJ - Universidade Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Biologia Oral
Citação: ROMAN, Maria Cecília da Silveira. Behavior of articular tissues after injury and surgery arsenieto gallium laser stimulation of low intensity. 2007. 77 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Oral) - IASCJ - Universidade Sagrado Coração, Bauru, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/148
Data de defesa: 28-Aug-2007
Appears in Collections:Mestrado em Biologia Oral



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.