Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.usc.br:8443/handle/tede/297
Tipo do documento: Dissertação
Título: Comparação das alterações dentoalveolares e tegumentares do tratamento da má oclusão de classe II por meio de elásticos intermaxilares sem e com extração de 2 pré-molares superiores
Título(s) alternativo(s): Comparison of dentoalveolar changes and soft tissue treatment of malocclusion class II in elastic media intermaxillary without and with 2 pre-extraction molar top
Autor: Marin, Cristina de Almeida Paschotto Pezzo 
Primeiro orientador: Valarelli, Danilo Pinelli
Resumo: Introdução: O objetivo deste trabalho foi comparar, por meio de telerradiografias em norma lateral, as alterações dentoalveolares e tegumentares proporcionadas pelo protocolo de tratamento da má oclusão de Classe II por meio de elásticos intermaxilares sem e com extração de 2 pré-molares superiores. Materiais e métodos: Utilizou-se uma amostra retrospectiva de 44 pacientes com má oclusão de Classe II, divisão 1, bilateral, com severidade de ½ a completa, divididos em dois grupos: GRUPO 1: 22 pacientes (10 do gênero masculino e 12 do gênero feminino), com média de idade inicial de 18,87 anos (mín: 9,5 anos, máx: 47,8 anos), overjet médio inicial de 7,31mm, tratados com elásticos intermaxilares sem a realização de extração dentária; por um tempo médio de 3,41 anos. GRUPO 2: 22 pacientes (05 do gênero masculino e 17 do gênero feminino), com média de idade inicial de 18,31 anos (mín: 11,5 anos, máx: 48,1 anos), overjet médio inicial de 6,88 mm, tratados com elásticos intermaxilares associados à realização de extração de 2 pré-molares superiores, por um tempo médio de 3,02 anos. Utilizou-se as telerradiografias em norma lateral denominadas de T1 (antes do tratamento) e T2 (final do tratamento) para comparar os dois grupos quanto às variáveis cefalométricas das fases inicial e final. Para verificar a comparação intergrupos das variáveis cefalométricas, idade ao início do tratamento e tempo de tratamento foi aplicado o teste t de Student e para verificar compatibilidade dos grupos quanto à distribuição de gêneros e severidade inicial da má oclusão, aplicou-se o teste Qui-quadrado. Todos os testes foram executados adotando um nível de significância de 5% (p<0,05). Resultados: Comparando as alterações promovidas pelos dois protocolos de tratamento estudados, as alterações dentoalveolares significantes que ocorreram, foram nas variáveis, 6S.SN(°) 6S-PTV(mm),1-NB(mm) e relação molar e as alterações tegumentares significantes foram apresentadas na variável Li-Plano E (mm) ; diante disso podemos afirmar que no Grupo 2 o 1o molar superior apresentou maior mesialização e mesioangulação comparado ao Grupo 1 . No Grupo 1 o incisivo inferior mostrou com significância maior protrusão quando comparado ao Grupo 2. A relação molar apresentou o 1o molar superior mais mesial em relação ao 1o molar inferior no Grupo 2 quando comparado ao Grupo 1. A alteração tegumentar significante foi a presença de maior retrusão do lábio inferior no grupo 2 quando comparado ao Grupo 1. Ao final (T2) os molares superiores apresentaram maior mesialização no Grupo 2 quando comparado ao Grupo 1. Conclusão: Ambos os protocolos são efetivos na correção do overjet e da relação canino. O uso de elásticos intermaxilares sem extrações gera maior protrusão dos incisivos inferiores e efeitos semelhantes nos incisivos superiores, molares inferiores, lábio superior e ângulo nasolabial.
Abstract: Introduction: The objective of this study was to compare, through lateral cephalograms, the dentoalveolar and soft tissue changes produced by the Class II malocclusion treatment protocols through Class II intermaxillary elastics without and with extraction of two maxillary premolars. Material and Methods: A retrospective sample of 44 patients with Class II malocclusion, Division 1, bilateral, at least end to end severity, divided into two groups: group 1: 22 patients (10 males and 12 females) with initial mean age of 18.87 years (min: 9.5 years, max: 47.8 years), initial mean overjet of 7,31mm treated with intermaxillary elastics without tooth extraction; for a mean treatment time of 3.41 years. Group 2: 22 patients (05 males and 17 females), with initial mean age of 18.31 years (min: 11.5 years, max: 48.1 years), initial mean overjet of 6,88mm treated with intermaxillary elastics associated with extraction of two maxillary premolars, for a mean treatment time of 3.02 years. The lateral cephalograms called T1 (before treatment) and T2 (after treatment) was used to compare the cephalometric variables of the initial and final phases of two groups. For intergroup comparison of cephalometric variables, inicial mean age and treatment time, the t test were used; and to compare the sex distribuition and severity of malocclusion the test Qui-quadrado was used. All tests were perfomed using a significant level of 5% (P <0,05). Results: Comparing the changes introduced by the two studied treatment protocols, the significant changes that occurred were the variables 6S.SN (°), 6S-PTV (mm), 1-NB (mm), molar relation and Li- EPlane (mm). During treatment, group 2 had statistically greater mesial movement of the maxillary first molar compared with Group 1. The mandibular incisors showed greater protrusion in Group 1 compared with Group 2. The molar relation showed the maxillary first molar in a most mesial position in Group 2 compared wit Group 1. In the soft-tissue profile a significant alteration was the greater retraction of the lower lip in Group 2 compared with Group 1. In the final (T2) the maxillary molar showed greater mesial movement in Group 2 as compared to Group 1. Conclusion: Both protocols are effective in correcting overjet and canine relationship. The use of intermaxillary elastics without extractions promotes greater protrusion of the lower incisors. The two treatment protocols evaluated, showed similar alterations in maxillary incisors, mandibular first molar, upper lip and nasolabial angle.
Palavras-chave: Má oclusão de Angle Classe II
Ortodontia Corretiva
Extração dentária
Cefalometria
Malocclusion, Angle Class II
Orthodontics
Corrective
Tooth Extraction
Cephalometry
Área(s) do CNPq: ODONTOLOGIA::ORTODONTIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Ortodontia
Citação: MARIN, Cristina de Almeida Paschotto Pezzo. Comparação das alterações dentoalveolares e tegumentares do tratamento da má oclusão de classe II por meio de elásticos intermaxilares sem e com extração de 2 pré-molares superiores. 2015. 122 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia - Ortodontia) - Universidade do Sagrado Coração, Bauru, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/297
Data de defesa: 21-Aug-2015
Appears in Collections:Mestrado em Ortodontia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacao_cristina_marin.pdfDocumento completo3,57 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.