Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.unisagrao.edu.br:8443/handle/tede/311
Tipo do documento: Dissertação
Título: AVALIAÇÃO DA RESISTÊNCIA À TRAÇÃO DA UNIÃO DE LIGAS DE NI-CR E CO-CR ATRAVÉS DE SOLDAGEM A LASER E PLASMA, E SEUS GRUPOS CONTROLE EM MONOBLOCO
Título(s) alternativo(s): RESISTANCE ASSESSMENT DRIFT UNION NI-CR ALLOYS AND CO-CR THROUGH WELDING LASER AND PLASMA AND ITS CONTROL IN GROUPS MONOBLOCO
Autor: Lustosa, Diogo Belas 
Primeiro orientador: Rossetti, Paulo Henrique Orlato
Primeiro coorientador: Francischone, Carlos Eduardo
Resumo: Determinação do problema: o uso da soldagem muitas vezes se faz necessário na confecção de infraestruturas protéticas em Implantologia. A escolha do melhor método normalmente recai para a soldagem a laser. Contudo, o alto custo do equipamento pode inviabilizar a utilização desse método de soldagem. Proposição: esse estudo avaliou a resistência à tração da união de ligas à base de Ni-Cr (Wiron-99-Estados Unidos) e Co-Cr (CNG-Brasil) utilizadas em próteses em Implantologia unidas através de dois métodos de soldagem (solda a laser e soldaTIG), e comparou a possibilidade de uso dos diferentes métodos de soldagem para as ligas utilizadas. Materiais e método: foram confeccionados dez corpos-de-prova em peça única e 10 pares de metades destes corpos-de-prova para união. Para cada liga metálica utilizada (Ni-Cr e Co-Cr). No total 100 corpos-de-prova em resina acrílica foram fundidos através da técnica da cera perdida. Essas metades foram unidas em igual quantidade através da soldagem a laser e a plasma. Tais estruturas juntamente com os grupos controle (monobloco) foram submetidas ao ensaio de teste de tração. As maiores médias foram do grupo controle da liga de Ni-Cr, seguida do grupo controle da liga de Co-Cr, TIG da liga de Ni-Cr, laser da liga de Co-Cr, TIG da liga de Co-Cr, e laser do Ni-Cr. Os grupos TIG da liga de Co-Cr, e laser das ligas de Ni-Cr e Co-Cr tiveram comportamentos estatísticos semelhantes apesar de terem resultados diferentes. Resultados: as maiores médias no ensaio de tração foram as dos grupos controle (monobloco) tanto para a liga de Ni-Cr como para a de Co-Cr (P < 0,001). A solda TIG apresentou maior média em relação à solda a laser para a liga de Ni-Cr (P < 0,001). Para a liga de Co-Cr, a maior média foi a do grupo laser em comparação com a solda TIG, contudo essa diferença não foi estatisticamente significante (P > 0,001). Conclusões: todos os grupos obtiveram valores de rompimento maiores que as cargas oclusais máximas encontradas na literatura, tanto na média para cada grupo como para cada corpo-de-prova avaliado
Abstract: Problem determination: the use of welding often is required in the manufacture of prosthetic infrastructures in Implantology. Choosing the best method usually falls to the laser welding. However, the high cost of equipment can prevent the use of this welding method. Proposition: This study evaluated the tensile strength of the union of Ni-Cr alloys (Wiron-99 US) and Co-Cr (CNG - Brazil) used in prosthetic implantology joined by two welding methods (welding TIG and laser welding), and compared the possibility to use different methods for welding the alloys used. Materials and methods: were made ten proof bodies in one piece and ten pairs of half of these proof bodies for welding for each metal alloy (Ni-Cr and Co-Cr). In total, 100 proof bodies in acrylic resin were cast by the lost wax technique. These halves were joined together in equal quantity by laser welding and plasma. Such structures with the control group (monobloc) were subjected to tensile strength test. The highest averages were in the control group of Ni-Cr alloy, then the control group of Co-Cr alloy, TIG Co-Cr alloy and Ni-Cr laser. TIG groups C0-Cr alloy, and laser alloys Ni-Cr and Co-Cr had similar statistical behavior even though they have different results. Results: the highest average tensile strenght were the control groups (monoblock) for both Ni-Cr alloy as for the Co-Cr (p <0,001). TIG welding presented higher average compared to the laser welding for the Ni-Cr alloy (P <0.001). For the Co-Cr alloy, the laser group had higher average compared with the TIG welding, however this difference was not statistically significant (P> 0.001). Conclusions: all groups had higher rupture values than maximum occlusal loads encountered in the literature, both the average for each group and for each body-ofproof rated
Palavras-chave: Soldagem a laser
Soldagem TIG
Ligas odontológicas
Laser welding
TIG welding
Dental alloys
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Implantologia
Citação: Lustosa, Diogo Belas. Avaliação da resistência à tração da união de ligas de NI-CR E CO-CR através de soldagem a laser e plasma, e seus grupos controle em monobloco. 2009. 24 F. Dissertação (Mestrado em Biologia Oral. Área de concentração: Implantologia) - Universidade do Sagrado Coração, Bauru, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/311
Data de defesa: 11-Feb-2009
Appears in Collections:Mestrado em Implantologia



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.