Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.unisagrao.edu.br:8443/handle/tede/364
Tipo do documento: Tese
Título: Implantes pós exodônticos em área estética – controle de um ano
Título(s) alternativo(s): Post-Exodontic implants in aesthetic area - one-year control
Autor: Aur Junior, Roberto Jorge 
Primeiro orientador: Gulinelli, Jéssica Lemos
Resumo: O implante dentário com conexão cone Morse tem sido muito utilizado e apresenta vantagens, especialmente em relação à manutenção da estética e da perda óssea marginal peri-implantar. O objetivo do estudo foi avaliar as variações volumétricas do nível ósseo de implantes pós exodônticos com carga imediata em área estética anterior utilizando a tomografia computadorizada no período de um ano. Dez pacientes participaram deste estudo e um total de 10 implantes com conexão do tipo Cone Morse foram instalados em alvéolos de incisivos centrais superiores, imediatamente à exodontia minimamente invasiva sem retalho. O espaço formado entre a parede alveolar e a superfície do implante foi preenchido com osso bovino mineralizado. O comprimento médio dos implantes foi de 15,4 mm e 3,5 mm de diâmetro. O torque médio de inserção foi de 60 N. Não houve perda de implante. A primeira tomografia foi realizada imediatamente após a cirurgia (T0) e a segunda após um ano da reabilitação (T1). A média da redução (T1-T0) da distância horizontal entre a largura da superfície do implante e da parte interna do osso vestibular (S – IC), foi de 0,347 (35%) com diferença estatisticamente significante (p=0,031250),a da distância horizontal entre a largura da superfície do implante e da parte externa do osso vestibular (S – OC) foi de 2,53 (25%), a média da distância vertical entre o centro do implante e a parte superior da crista do osso (R-C) foi de 4,26 (43%) e a média da espessura óssea vestibular foi 0,23 (2%). Os resultados demonstraram a manutenção dos tecidos peri-implantares e perda óssea compatível com os dados científicos após avaliação de 12 meses. Conclui-se que os implantes com conexão cone Morse pós exodônticos submetidos à estética imediata em regiões unitárias edêntulas anteriores é uma abordagem previsível, com elevada taxa de sobrevivência do implante e favorece a manutenção da parede óssea vestibular
Abstract: Rehabilitation with implants is safe and predictable procedure. However, the treatment time is still a limiting factor for patient satisfaction. The tooth extraction and immediate implant insertion has been used and has many advantages, especially in relation to maintaining aesthetic and marginal peri-implant bone loss. The aim of the study was to evaluate the clinical efficacy and volumetric changes in bone level using computed tomography unit rehabilitations in previous aesthetic areas after post exodontics implant and immediate loading. The evaluated were: size of the implant insertion torque, tomographic peri-implant bone change, prosthetic complications and survival of the implant. The first CT scan was performed immediately after surgery (T0) and the second after a year of rehabilitation (T1). Ten patients were included in this study and a total of 10 implants placed in alveolus of the maxillary central incisors immediately without minimally invasive flapless extraction. The space formed between the alveolar wall and the implant surface were filled with bovine bone mineralization. All implants placed presented cone Morse connection, the average length was 15.4 mm and 3.5 mm in diameter. The average insertion torque was 60 N. There was no loss of the implant. The mean reduction (T1-T0) the horizontal distance between the width of the implant surface and the inside of the buccal bone (S - CI) was 0.347 (35%), with a statistically significant difference (p = 0.031250) the horizontal distance across the width of the implant surface and the outside of the vestibular bone (Y - CB) was 2.53 (25%), the average of the vertical distance between the center of the implant and the top of the crest of bone (CR) was 4.26 (43%) and the average thickness of the vestibular bone 0.23 (2%). The results demonstrate the maintenance of the peri-implant tissues, maintenance of interdental papilla, no inflammation and bone loss and adequate aesthetic evaluation after 12 months. It is concluded that post exodontias implants subjected to immediate loading unit in previous edentulous regions approach is predictable with high survival rate of the implant and promotes the maintenance of buccal bone wall
Palavras-chave: Estética
Implante dentário
Maxila
Tomografia computadorizada
Aesthetic
Dental implant
Maxilla
Tomography
Área(s) do CNPq: ODONTOLOGIA::CIRURGIA BUCO-MAXILO-FACIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Cirurgia Bucomaxilofacial
Citação: AUR JUNIOR, Roberto Jorge. Implantes pós exodônticos em área estética – controle de um ano. 2016. 42 f. Tese (Doutorado em Odontologia - Área de Concentração: Cirurgia Bucomaxilofacial) - Universidade do Sagrado Coração, Bauru, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/364
Data de defesa: 22-Jun-2016
Appears in Collections:Doutorado em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial (CTBMF)



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.