Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.unisagrao.edu.br:8443/handle/tede/415
Tipo do documento: Dissertação
Título: A eficácia do pilates solo sobre a diástase do músculo reto abdominal em mulheres no climatério: ensaio clínico aleatorizado controlado e unicego
Título(s) alternativo(s): The efficacy of pilates solo on diastasis of the rectus abdominis muscle in climacteric women: randomized controlled trial and unicego
Autor: Silva, Elaine Priscila Garcia 
Primeiro orientador: Prata, Gabriela Marini
Resumo: Introdução: Estudos recentes associam o hipoestrogenismo decorrente do climatério com mudanças na elasticidade do tecido conjuntivo que pode estar relacionado com a diástase do músculo reto abdominal (DMRA). O Pilates solo é um método de exercício que tem como início a qualquer movimento a tivação muscular do power house, e a DMRA esta diretamente envolvida com tranverso de abdomem, tornando sugestivo o método pilates solo como uma possivel forma de tratamento para DMRA.No entanto não se encontrou estudo randomizado controlado que tenha verificado a relação da DMRA e Pilates. Objetivo:Verificar a eficácia do pilates solo sobre a Diástase do músculo reto abdominal em mulheres no climatério. Método: Trata-se de um ensaio clínico randomizado controlado e unicego constituído por mulheres no climatério com DMRA, com grupo controle e grupo experimental. O treinamento constou de 3 sessões semanais de 60 minutos por 12 semanas, totalizando 36 sessões.A avaliação da distância inter-reto abdominal foi realizada com paquímetro digital. Para o cálculo amostral foi utilizado o programa GPower 3.2, considerado como diferença entre os grupos 4,81 cm ± 2,36cm, α= 0,05 e β= 0,90 e teste de hipótese bicaudal, totalizando no mínimo 7 participantes por grupo. Para análise estatística foi utilizado o programa SPSS 20.0. Resultados:Foram avaliadas 21 mulheres, sendo 10 do grupo controle e 11 do grupo experimental, com média de idade de 54,3±7,1 anos no grupo controle e 55,3±6,0 no grupo experimental e índice de massa corpórea de 28,8±5,5 Kg/m2 grupo controle e 29,9±4,48 Kg/m2. no grupo experimental. Foram observadas reduções em todas as medidas referente a DMRA somente no grupo experimental. Conclusão: Pode-se observar que o método Pilates é efetivo para redução da DMRA no período do Climatério.
Abstract: Introduction: Because of the Climateric Syndrome the woman develops a physical and psychic symptomatology that reduces the quality of life. Recent studies have linked hypoestrogenism to changes in the elasticity of connective tissue and explain the reason about the development from the Diastasis of the rectus abdominis muscle (DRAM) still at this stage and it leads to the persistence of DRAM in menopausal women, moreover, suggest a possible relationship between DRAM and development of UI. Pilates solo is a method of exercising without impact that every day has been gaining more followers, for its easy execution and results. However, any randomized controlled study verified the relationship between DRAM and Pilates. General Objective: Verify the effect with Pilates solo method in the Diastasis of the rectus abdominis muscle in women in the Climateric Syndrome. Method: Refers a randomized controlled clinical trial with control group and experimental group, with 3 weekly sessions for 12 weeks, totaling 36 sessions with women in the Climateric Syndrome, who have Diastasis of the rectus abdominis muscle. For evaluation were applied the Kuppermann index (IMK) to the Climateric Syndrome, IPAC for verification of the level of physical activity and the measurement of abdominal distal length was verified using a pachymeter, a high-precision instrument. For the sample calculation, was considered the difference between the groups 4.81 cm (1), standard deviation 2.36cm, α = 0.05 and β = 0.90 and test of two-tailed hypothesis, totaling at least 7 participants per group. Also, was used the GPower 3.2 program. For statistical analysis was used the SPSS 20.0 program. Results: Until now, 21 women were evaluated, 10 of the control group and 11 of the experimental group, with the average age of 54.3 ± 7.1 control group and 55.3 ± 6.0 for years experimental group and body mass index of 28.8 ± 5.5 kg / m2 control group and 29.9 ± 4.48 kg / m2. Reductions were observed in all measures regarding to DRAM only in the experimental group. Conclusion: Can be observed that the Pilates method is effective for reducing DRAM.
Palavras-chave: Climatério
Terapia por exercício
Reto do Abdome
Climacteric
Exercise therapy
Rectus abdominis
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Sagrado Coração
Sigla da instituição: USC
Departamento: Ciências da Saúde e Biológicas
Programa: Saúde Funcional
Citação: SILVA, Elaine Priscila Garcia. A eficácia do pilates solo sobre a diástase do músculo reto abdominal em mulheres no climatério: ensaio clínico aleatorizado controlado e unicego. 2018. 44 f. Dissertação (Mestrado em Fisioterapia - Área de Concentração: Fisioterapia em Saúde Funcional) - Universidade do Sagrado Coração, Bauru, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.usc.br:8080/jspui/handle/tede/415
Data de defesa: 27-Feb-2018
Appears in Collections:Mestrado em Fisioterapia em Saúde Funcional



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.